O 5G dá seus primeiros passos no mundo, e nos EUA empresas como a AT & T, Verizon e T-Mobile estão se preparando suas infraestruturas.

Boa parte dela, está baseada na plataforma Intel® Xeon® Scalable. Segundo diversos testes publicados, os novos processadores oferecem até 5x mais IOPS com uma latência até 70% menor. Em redes 5G emergentes, o desempenho registrado é até 2,5 vezes melhor para os principais aplicativos de rede.

A AT & T, por exemplo, reportou uma melhoria de desempenho usando 25% menos servidores por cluster.

Já os usuários da Google Compute Platform obtiveram até 40% mais desempenho, aumentando para mais 100% quando o aplicativo inclui a otimização das instruções do Intel® AVX-512.

Outra aplicação que demonstra como as empresas podem usar recursos de latência ultrabaixa e alta largura de banda de 5G com análise de vídeo está na indústria 4.0. Em um piloto realizado na fábrica da Nokia em Oulu, na Finlândia, um vídeo de um processo em uma linha de montagem foi monitorado e analisado com um aplicativo de análise de vídeo da startup finlandesa Finwe.

Com uma Plataforma de Teste Móvel 5G da Intel, o feed de vídeo foi transmitido por uma rede de acesso implementada pela Nokia na faixa de frequência de 28 GHz integrada à uma rede de fibra ótica da Telia, diretamente para o Data Center da empresa em Helsinque. Graças às rápidas conexões de rede e baixa latência, o aplicativo de análise de vídeo conseguiu alertar imediatamente o operador da linha de montagem sobre inconsistências no processo para que pudessem ser corrigidas em tempo real. Isso garantiu um aumento significativo no desempenho, confiabilidade e qualidade.

Latência é o tempo consumido para que os dados sejam enviados entre dois pontos. Isso é crucial no mundo do 5G, quando milissegundos podem realmente fazer muita diferença no controle remoto de carros autônomos, drones e outras máquinas conectadas.

Os processadores da Intel® também são o coração dos novos notebooks 5G que em breve chegarão ao mercado, assim como na mais recente geração de servidores da Dell EMC.

A 14ª geração dos Dell EMC PowerEdge oferecem 27% mais núcleos de CPU e 50% mais largura de banda de memória. O novo portfólio de servidores Dell EMC PowerEdge da 14ª geração forma uma plataforma de computação dimensionável, automatizada e segura para aplicativos tradicionais e nativos da nuvem, projetada para novos processadores escaláveis Intel® Xeon®.


Intel, o logotipo da Intel, Xeon e Xeon Inside são marcas registradas da Intel Corporation ou de suas subsidiárias nos EUA e/ou em outros países.